terça-feira, 2 de setembro de 2014

Após acidente animais continuam transitando na vicinal do cemitério


Animais voltaram a desfilar na vicinal do cemitério de Panorama, estrada que leva pra Ouro Verde. No domingo um carro levando três ouroverdenses atropelou e matou um cavalo. Cadê a conscientização dos proprietários desses animais e a fiscalização por parte da prefeitura que prometeu que iria recolher os animais soltos pela cidade? Acorda prefeitão!

segunda-feira, 1 de setembro de 2014

Bombeiros retiram menino de 3 anos de buraco de 3 metros de altura

 Bombeiros retiram menino de 3 anos de buraco de 3 metros de altura Criança brincava próximo a área, em um bairro rural, de Presidente Epitácio. Acidente aconteceu neste domingo (31); criança foi levada ao hospital. 

Carolina Mescoloti Do G1 Presidente Prudente

Um menino de 3 anos caiu em um buraco, de aproximadamente 3 metros de altura e 50 cm de diâmetro, no distrito rural de Presidente Epitácio, no Bairro Agrovila 5, por volta das 14h50, deste domingo (31). De acordo com o Corpo de Bombeiros, a criança estava bastante assustada e foi encaminhada para o hospital da cidade. Ainda de acordo com os bombeiros, a equipe foi chamada até o local por populares e familiares do menino. O buraco fica na rua, próximo à sarjeta, e a criança brincava na rua quando caiu no local. “É um bairro rural e acreditamos que o buraco foi provocado pela retirada de uma árvore e com a ação do tempo, provocou uma erosão, aumentando seu diâmetro”, informou os bombeiros. Para realizar o resgate, um bombeiro desceu no buraco e retirou o menino, usando equipamentos de segurança. “Ele estava chorando bastante e muito assustado. A unidade de resgate o encaminhou para a Santa Casa de Presidente Epitácio, para a realização de exames, porém, aparentemente o menino não estava ferido”, detalha. A área foi sinalizada e impedida para que outros acidentes não ocorram, ainda segundo os bombeiros. O boletim de ocorrência foi registrado pela equipe e será encaminhado para a prefeitura municipal para que providências sejam tomadas.

domingo, 31 de agosto de 2014

Recebeu alta médica neste domingo o policial militar que foi atropelado em Paulicéia

POSTADO 31/08/14 22H19
ATUALIZADO 01/09/14 10H33

HOSPITAL REGIONAL DE PRUDENTE LIBEROU NOTA NESSA SEGUNDA-FEIRA-

Olá Ermenson! Segue abaixo o posicionamento do Hospital Regional quanto a sua solicitação. Qualquer dúvida, estamos à disposição. Abraços, Iury 

 "O Hospital Regional de Presidente Prudente informa que o paciente Vitor Hugo Ribeiro permanece internado na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) em estado grave, porém estável. Quanto ao paciente Marco Aurélio Spadácio Morales, ele recebeu alta na tarde deste domingo (31/08) e já não se encontra na unidade", finaliza a nota.  


O motociclista Victor Hugo que atropelou o policial continua internado na UTI do HR de Presidente Prudente e segundo seu pai já apresenta pequenos sinais de melhora.Victor não corre risco de morrer.
Marco Spadacio

Recebeu alta médica  domingo,31, o policial militar Marco Aurélio Spadacio Maldonado Morales, 39 anos, que estava internado no HR de Presidente Prudente. Spadacio vai terminar sua recuperação do lado da família.  Marco foi atropelado quando um motociclista tentou fugir de uma blitz de trânsito realizada pela PM no último domingo(24) em Paulicéia. Marco sofreu trauma  na cabeça e se recuperava de cirurgias.


MOTOCICLISTA, VICTOR HUGO,  CONTINUA INTERNADO  NA UTI E APRESENTA PEQUENOS SINAIS DE MELHORA 




 Por telefone Cléber Ribeiro Xavier  pai de Victor Hugo Gomes Ribeiro, 20 anos,  que pilotava a moto, informou a redação desse blog que seu filho Victor, apresenta pequenos sinais de melhora. 


O pai disse que Victor   já responde   a alguns estímulos, está conseguindo apertar a mão das pessoas  quando solicitado, já há sinais de movimentos nos pés e  aos poucos  já está conseguindo abrir parcialmente  os olhos.


 O pai disse ainda que Victor continua na UTI, que não está sedado e que o médico disse que nos próximos  três dias já poderá ser retirado dos tubos. Os médicos ainda não sabem  se Victor sofrerá sequelas devido ao traumatismo craniano que sofreu. Sua recuperação é demorada. Em Panorama Victor ficou internado por quase três dias sem receber um atendimento adequado.



Segundo a Polícia Civil, o condutor, Victor Hugo,  desrespeitou o sinal de parada da polícia e atingiu a vítima, o policial Marco. A moto  estava sem placa e não tinha documentos e Victor não era habilitado. Um menor de 17 anos  que estava na garupa sofreu escoriações. No momento do atropelamento o  policial estava no meio da rua onde fazia a abordagem dos veículos. 

A família de Victor pagou  fiança de R$2.172, e ele  responderá em liberdade pelas  acusações tentativa de homicídio e lesão corporal culposa. 

Nos dias que Victor ficou aqui na Santa Casa, não conseguiram constatar a sua lesão na cabeça e seu estado clínico só piorou. Leia mais sobre o caso  (CLIQUE AQUI)

Realizada a 1ª Exposição Folclórica da E.M. Prof. Lourdes Peres Martins, do bairro Jardim Aeroporto

O evento cultural acontceu nos dias 28 e 29

sábado, 30 de agosto de 2014

O cavalo entrou na frente de carro e acabou morto, acidente perto do cemitério de Panorama

Aconteceu agora há  pouco ali na vicinal  perto do cemitério de Panorama. Um casal mais um homem, todos  de Ouro Verde, estavam indo pescar quando o cavalo invadiu a pista e foi atropelado, ninguém se feriu e o animal morreu no local.

quinta-feira, 28 de agosto de 2014

Primeira Exposição Folclórica da E.M. Prof. E.m. Lourdes Peres Martins

Está ocorrendo na escola Lourdes Peres Martins no bairro Jardim Aeroporto. Apresentações e Exposições continuam nessa sexta-feira 29 de Agosto, às 8 horas, às 13 horas e   às 15 horas. Todos estão convidados.!


Jovem panoramense acusado de atropelar policial continua internado no HR com traumatismo craniano, com pagamento de fiança ele responderá em liberdade

Segundo a assessoria de comunicação do HR de Presidente Prudente, o jovem Victor Hugo Gomes Ribeiro permanece em estado grave (Foto:  Alex Barreto/JR)


Internado desde a tarde de terça-feira, 26, no Hospital Regional de Presidente Prudente, Victor Hugo Gomes Ribeiro, 20, segue internado na unidade hospitalar em Presidente Prudente com traumatismo de crânio.

 Em nota encaminhada na manhã de ontem, 27, a assessoria de imprensa do HR relatou as condições de saúde do motociclista e do policial militar: “O Hospital Regional de Presidente Prudente informa que o paciente [cabo da PM] Marco Aurélio Spadacio Maldonado Morales já foi transferido para o quarto, onde concluirá sua recuperação após a realização de uma cirurgia. Já o paciente Victor Hugo Gomes Ribeiro permanece em estado grave e sob cuidados intensivos do corpo clínico”, finaliza a nota. 

 Por telefone na manhã de ontem, Cleber Ribeiro Xavier, pai de Victor, confirmou à reportagem do JR o diagnóstico dado pela equipe médica do hospital prudentino informando que aguarda vaga na UTI. “Ele vai pagar perante a Justiça, mas com vida”, desabafou Xavier sobre o estado de saúde do filho. 

 Rodrigo Della Libera e Jaqueline Garcia Vidoto da Cunha, advogados da família do motociclista, conseguiram no Fórum da comarca de Panorama a determinação judicial para Victor responder em liberdade pelo crime depois do pagamento de fiança arbitrada no valor de R$ 2.172. Os advogados também devem buscar na Justiça a desqualificação do crime de tentativa de homicídio. “Ele não teve a vontade de matar [o policial]”, afirma Libera. 

 Com o pagamento previsto para ocorrer ontem, Victor que até estava preso em flagrante desde segunda-feira, 25, internado sob escolta policial na porta do quarto, deveria deixar a condição de preso na quarta para poder passar pelos tratamentos médicos necessários. 

 A defesa de Victor alega que a transferência só saiu depois que familiares do acusado passaram a acionar autoridades políticas de Panorama para conversar com médico plantonista do Pronto Socorro responsável em pedir encaminhamento para Presidente Prudente.

 Para o diretor municipal de Saúde, Israel Gumieiro, responsável pelo Pronto Socorro de Panorama, os médicos que atuam no Pronto Socorro não são especialistas, e sim clínicos gerais. Sabiam da necessidade de um neurologista, porém para conseguir passar por este profissional precisou recorrer na manhã de segunda-feira, 25, a ‘Central de Vagas’ ou Cross (Central de Regulação de Ofertas e Serviços da Saúde), órgão da Secretaria de Estado da Saúde. “Foi esta espera pela vaga que fez demorar um pouco mais”, disse. 

 Um profissional da saúde que trabalha no Pronto Socorro disse à reportagem que cerca de cinco pedidos chegaram a ser feitos à Central de Vagas no intervalo das 19h de segunda-feira até as 7h de terça-feira. Todos negados. Na noite do acidente, Victor não foi levado a Prudente pela falta de exames que comprovassem a urgência para transferi-lo. 

 O cabo da Polícia Militar, Spadacio precisou ser levado ao HR pelo risco iminente de morte pelo sangramento continuo do nariz, boca e ouvidos provocados pela colisão.

Portal Regional/ Alex Barreto